Caipira Ágil – A alegria de se fazer este evento

Neste post quero comentar sobre a alegria de ter realizado junto com outros amigos o Caipira Ágil.

Em menos de um ano conseguimos ter uma ideia, ver o seu valor e então apostar nela.

No Encontro Ágil 2010, Renato Freire, Vitor Hugo, Alan Braz e eu tivemos a ideia de realizar em Campinas um evento do mesmo foco. Um evento que fosse mais dinâmico, participativo e colaborativo. Com o evento, buscaríamos alavancar a comunidade de desenvolvimento de software na RMC (Região Metropolitana de Campinas). Durante o papo com eles no Encontro Ágil, foi dito o nome “Caipira Ágil” e seguiu-se de gargalhadas. Sentimos que o nome tinha poder 😀

Durante um HHA (Happy HourÁgil) em Campinas, conversamos com mais pessoas sobre a ideia e com isto o Renne Rocha e o Alberto Leal se juntaram a nós e ai formou-se o grupo dos organizadores.

Para facilitar a comunicação, montamos um grupo no Google e então começamos a botar a mão na massa.

A tarefa não foi fácil. Alguns já tinham até oganizado alguns tipos de eventos antes, mas nada como o vindouro Caipira Ágil. Nossa primeira atitude foi definir uma visão do que seria e pra que seria o evento. Segue um trecho dessa visão:

Alavancar a comunidade de desenvolvimento de software localizada na RMC, incentivando e estimulando a realização de eventos, Dojos, encontros, grupos de usuários e estudos. A RMC é um pólo industrial muito importante, com grandes empresas e importantes faculdades, mas é muito pobre na realização de eventos.

Com a visão em mente, começamos a corrida. Definições de grades, patrocinadores, horário, data, comida, e etc.. Tenha certeza que esta foi a parte mais simples e mais desgastante. Aprendi muito sobre como li dar com opiniões diferentes, definições em grupos e etc.

Convocamos aqueles que achamos que agregariam ao evento para realizar os Workshops, viabilizamos todo os gastos do evento com os patrocínios sem finalidade alguma de obter lucro com o ele. Com o valor pago pela inscrição, buscamos oferecer uma refeição de qualidade e durante todo o evento (o que sinceramente achei um grande diferencial do Caipira).

Fizemos uma coisa interessante: Quem realizasse inscrição no evento, poderia submeter lighting talks. Um ponto que foi relamente bem legal no evento.

Nossa meta era de ter 150 pessoas inscritas no evento. As inscrições ficaram no ar por cerca de 2 meses e o evento aconteceria logo após a maratona do Agile Brazil e TDC.

Agora compartilho com vocês os números do evento, que nos deixaram muito orgulhosos:

Tivemos 186 inscrições, sendo que 131 foram confirmadas. No dia do evento, tivemos cerca de 130 pessoas, tendo inscrições feitas no dia. Para se ter uma ideia, o Encontro Ágil 2010, em sua terceira edição teve em torno de 200 pessoas.

Tivemos profissionais de aproximadamente 80 empresas diferentes. Sem duvida, uma das nossas metas foi atingida.

Tivemos um ótimo evento. As talks foram muito boas, bem legais e divertidas, com muita improvisação. Workshops fantásticos, um Dojo com mais de 30 pessoas, open spaces interessantes e até sessões de Ignite Presentations.

Quero agradecer de coração todos aqueles que participaram do evento, que ajudaram no evento, que falaram sobre o evento e que pensaram no evento.

Como dissemos ao final do Caipira Ágil: “O Evento terminou, mas não seus objetivos”. Vamos buscar manter ativa esta comunidade, com mais eventos, encontros, conteúdos e tudo o que for possível.

Para ver as fotos do evento, slides de apresentações, videos e tudo mais, acesso o Blog do Caipira Ágil.

Já adiantamos que em breve teremos um evento sobre Startups em Campinas (Estartapi Caipira, sô!). Acompanhe a gente no Blog do Caipira Ágil e fica atento a tudo mais que vem por aí.

[]s.

Anúncios