Liderança Servidora e os desafios da Motivação em Grupo

Vamos por partes:

O que é Liderança?

  • Liderança é o processo de conduzir um grupo de pessoas, transformando-o numa equipe que gera resultados.
  • É a habilidade de motivar e influenciar os liderados, de forma ética e positiva, para que contribuam voluntariamente e com entusiasmo para alcançarem os objetivos da equipe e da organização

Acima você vê algumas definições, mas a etimologia da palavra esta abaixo:

Liderança, do vocábulo inglês leader , guia, chefe. Liderança é o exercício da autoridade num grupo social. Tem base na qualidade, ou qualidades, das quais depende o exercício da autoridade , variando com a natureza do grupo social e as circunstâncias em que se estabeleceu a liderança.

Atualmente, nós temos os seguintes modelos de Liderança nas Empresas:

  1. Liderança Hierárquica: Muitas pessoas são reconhecidas como líderes simplesmente por ocuparem posições privilegiadas dentro das organizações. São protegidas pela hierarquia e se colocam em condição de superioridade, impondo ordens a seguidores, subordinados ou dependentes. É o poder que “vem de cima”.
  2. Liderança autocrática: Na Liderança autocrática o líder é focado apenas nas tarefas. Este tipo de liderança também é chamado de liderança autoritária ou diretiva. O líder toma decisões individuais, desconsiderando a opinião dos liderados. O líder determina as providências e as técnicas para a execução das tarefas, de modo imprevisível para o grupo. Além da tarefa que cada um deve executar, o líder determina ainda qual o seu companheiro de trabalho. O líder é dominador e pessoal nos elogios e nas críticas ao trabalho de cada membro.
  3. Liderança por medo: Gerir pelo medo desconsidera o trabalhador enquanto pessoa. Não se trata aqui, em hipótese alguma, de humanismo melindroso e paternalista, tampouco de retórica acadêmica.
  4. Liderança democrática: O ato de liderar pelo exercício da Democracia. As ações são tomadas com base no desejo da maioria.
A ação de Liderança só pode ser exercida quando existe um Líder. Mas, o que é “Líder”?
  • Pessoa de maior evidência em um partido político, numa coletividade ou comunidade; comandante; dirigente.
  • Líder é uma pessoa ou um produto que alcançou alguma liderança numa área de atuação (por exemplo na política ) ou num segmento de mercado; chefe , dirigente, representante; aquele que numa competição está a frente de todos os outros participantes.
Mas, temos uma outra definição: O grande guru da administração, Peter Drucker, diz: “A única definição de líder é alguém que possui seguidores. Algumas pessoas são pensadoras. Outras, profetas. Os dois papéis são importantes e muito necessários. Mas, sem seguidores, não podem existir líderes.“
A grande questão é: O que é ser um bom líder?

Cada cenário necessita que seu líder tenha capacidades específicas. Logo, as competências de um Líder muda conforme o seu ambiente. No cenário de desenvolvimento de Software, qual seria o tipo de Liderança ideal? Quais competências um Líder deveria ter?

Um conceito que cresce com vigor, exibindo bons resultados é a Liderança Servidora.

Liderança Servidora nada mais é do que aquela liderança no qual você aprende a servir ao próximo, a satisfazer suas necessidades e não suas vontades, a influenciar as pessoas para um bem comum e principalmente liderar com autoridade não com o poder. – Aquele dentre vós que quiser ser o líder tem que ser, antes, o Servidor. Se quiser liderar, você tem que servir. (Jesus Cristo). Citação do blog Liderança Servidora.

Umas das metáforas utilizadas para exemplificar a Liderança Servidora, é a atuação de um garçom. Um garçom busca servir da melhor maneira possível seus Clientes, proporcionando um bem estar e buscando a satisfação do Cliente.

Neste modelo de Liderança, o Líder tem uma atuação diferenciada dos modelos mais praticados. O Líder Servidor utiliza sua Paixão para motivar e incentivar seus liderados. Ele conquista este direito de exercer a liderança de forma natural, sem a existência disputas.

O líder servidor não se restringe a mensurar apenas resultados físicos ou financeiros. Muito mais valioso é poder disseminar conhecimento e a capacidade de contribuição e colaboração junto a seus liderados.  O Líder Servidor tem ciência que ganhos pessoais e individuais são irrisórios comparados a um ganho em grupo. Ele busca contagiar o grupo com que trabalha.

As competências do Líder Servidor estão pautadas nos fundamentos da autoridade que é conquistada através da coerência das atitudes e práticas das habilidades ao longo de um tempo e reconhecidas por aqueles a sua volta. O Líder Servidor tem sua expressão de realização através de seus liderados. A expressão máxima do trabalho de um líder são os seus liderados.

O Líder Servidor tem conhecimento de que pessoas diferentes, desenvolvem-se de maneiras e tempos diferentes. O Líder Servidor busca conhecer as pessoas e seus dons e ajuda-las a maximizar a utilização de seus dons.

Um Líder Servidor buscar cuidar bem das pessoas que cuidam do negócio. Ele lidera pelo exemplo.

Porém, não podemos confundir a Liderança Servidora, com uma atitude Servil. Um Líder Servidor não está preso a apenas obedecer ordens, seguir estritamente um modelo padrão.

O Líder Servidor tem o caráter como essência.  Ele sabe que os ambientes e as pessoas são dinâmicas, logo ele deve ser um Líder Adaptável para atender as necessidades de cada ambiente e situação. O Líder Servidor deve ser uma pessoal motivadora, que ajuda seus liderados a buscarem motivar-se por prazer e atingir metas.

E é aqui que entra o desafio. Motivação em Grupo:

Para vencer o desafio de Motivar um Grupo, vamos saber primeiro o que é Motivação:

  • Motivação (do Latim movere , mover) designa em psicologia , em etologia e em outras ciências humanas a condição do organismo que influencia a direção (orientação para um objetivo) do comportamento. Em outras palavras é o impulso interno que leva à ação .
Existem várias Teorias que buscam explicar “Motivação”. As mais conhecidas são as Teorias com base no Hedonismo.
O hedonismo teve grande influência sobre a psicologia que estuda a  Motivação. A maior parte das teorias parte do princípio de que a ação humana é sobretudo motivada pela busca ativa de situações positivas (prazer) e pela evitação de situações negativas (dor).  Obras de Freud são baseadas na Teoria da Pulsão que é baseada na Teoria do Impulso que é baseado no Hedonismo.
_
Outra Teoria que também é conhecida em geral, é a Motivação Intrínseca: refere-se à motivação gerada por necessidades e motivos da pessoa.
Abraham Maslow, sugeriu uma classificação das necessidades.
  1. necessidades fisiológicas,
  2. necessidades de segurança íntima (física e psíquica),
  3. necessidades de amor e relacionamentos (participação)
  4. necessidades de estima (autoconfiança)
  5. necessidades de autorrealização
No entanto, B. F. Skinner propôs um modelo da motivação baseado somente no condicionamento, sem recurso ao conceito de pulsão. O sistema de Skinner é empiricamente comprovado e é amplamente utilizado em pedagogia e psicoterapia. Para leigos, pode parecer que ele despreza a parte emocional-cognitiva da mente humana, o que é um erro.
Para saber mais sobre Motivação , link do Wikipedia.
.
.
Sim, Motivação é um assunto extenso e um campo muito grande para estudos. O que um Líder Servidor tem de ter em mente é como ele pode ajudar seus liderados a se motivar. Seja buscar criar neles a faísca para um algo melhor, seja inspira-los a se conhecer melhor (Coach) seja para incentiva-los a melhoria contínua.
_
Um Líder Servidor deve buscar conhecer seus liderados e colaborar para que eles também se conheçam. O resultado de uma boa Liderança Servidora não é simplesmente um Produto de sucesso gerado por um Time, mas sim a complementação deste, com um ambiente colaborativo, humano, sustentável e feliz.
Lembre-se, para um pessoa servir bem, ela deve conhecer a quem serve.
.
.
Para saber mais sobre Liderança Servidora, recomendo o Livro “O Monge e o Executivo”. Tenha cuidado para não confundir Liderança Servidora com técnicas de “Conhecer e Motivar Pessoas”. Ser um Líder Servidor está além disto.
Deixo aqui também alguns blogs com ótimos conteúdos sobre o assunto:
.
Link
para os slides da minha apresentação no TDC 2011
.
P.S: Quero deixar um agradecimento especial a o Mestre Zen Jedi Manoel Pimentel (@manoelp), Luís Fernandes (@luisphfernandes) e Felipe Rodrigues (@felipero) pela ajuda e incentivo.
E deixar um grande agradecimento especial a minha namorada Daniela (@daniiabrucez) que está se formando Psicologa e muito me ajuda.