Amizades no trabalho – Um tabu?

Durante minha palestra no TDC 2011 um tema em especial gerou uma boa discussão: É possível ter amigos no trabalho? É possível ser amigo do seu chefe?

A discussão foi muito interessante com várias colocações. Eu particularmente acredito que é possível (e viável) ser amigo de todos que trabalham comigo, inclusive os “chefes”.

Vamos as questões levantadas:

Durante a minha abordagem sobre Liderança Servidora, um dos pontos que levantei foi que um bom líder servidor conhece muito bem seus liderados. Porém fiz um adendo pessoal, a partir de minhas experiências, afirmando que tão bom quanto conhecer, é ser amigo dos seus liderados.

Primeiro gostaria de explicar o que é amizade:

Amizade (do latim amicus; amigo, que possivelmente se derivou de amore; amar, ainda que se diga também que a palavra provém do grego) é uma relação afetiva, a princípio, sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo.

Para mais definições, veja a Wikipedia.

Veja bem: Um líder servidor baseia seu trabalho buscando servir e colaborar cada vez melhor com seus liderados. Para tal, nada melhor como conhecê-los. Conhecê-los se da através de um processo de relacionamento diário. Se trabalhamos juntos, devemos ter confiança uns nos outros. E é fato que um bom ambiente se da através de um relacionamento afetivo. Logo, ser amigo é algo natural, é comum:

“Muitas vezes os interesses dos amigos são parecidos e demonstram um senso de cooperação. ” Wikipedia.

A citação acima te lembra algo sobre formação de Times ágeis?

A amizade também tem como comportamente esperado, com base no senso comum, alguns aspectos interessantes:

  • a tendência de desejar o melhor para o outro;
  • simpatia e empatia;
  • honestidade;
  • lealdade;

Veja bem os itens acima. Você por acaso acha produtivo ou saudável desejar mal a alguém do seu Time? Não é a Empatia uns dos pilares do Coaching? Você gostaria de trabalhar com alguém desonesto?

“Faz parte da amizade não exacerbar os defeitos do outro e dividir os bons e maus momentos;”

Olhe a frase acima: Quantas vezes você já desejou que seu chefe/gerente/superior agisse de tal modo com você. Ao invés de criticar, lhe desse “toques” e dividisse com você todas as dificuldades do dia-a-dia.

Muitas pessoas apontam a questão de amizade no trabalho como Utópia. Acreditam que isso não é possível nos dias de hoje. Mas será isso uma crença limitante?

Veja bem: Quando você tem uma ideia mirabolante, o próximo facebook, quem você chama para ajudar-lhe a implementá-la? Você vai em um site de currículos e procura alguém que saiba programar bem ou você chama um amigo? Como nascem as maiorias das start ups?

Entenda que numa ocasião como a citada no parágrafo anterior, as pessoas buscam alguém de confiança para estar ao seu lado. O processo de “aquisição” de confiança com alguém, nada mais é do que o processo de conhecer uma pessoa, através de relacionamento, podendo formar assim uma amizade. A grande dificuldade hoje em dia é entender quem é seu amigo.

Hoje em dia, costuma se dizer que amigo que é amigo, quando você está numa briga, ele não chega para apaziguar, mas sim, já chega na voadora em cima da outra pessoa. Isso é mesmo sinal de amizade?

Vamos supor que neste caso, eu tenha assediado a mulher de alguém, que eu estivesse bêbado e metido a folgado. Seria certo um amigo meu já chegar batendo em outra pessoa sendo que a culpa da briga é minha?

As pessoas tendem a entender amigo como “alguém que lhe dará favorecimentos” e não é bem assim. Um amigo busca o bem do outro, e o simples fato de “favorecer”, “dar aquela ajudinha”, “aquele jeitinho” não configura amizade, e sim coleguimos.

Colegua, “este sim um tipo de pessoa com o qual não há fortes laços de companheirismo, apenas interesses afins” by Wikipedia.

Um amigo não visa ganhos materiais e de curto prazo em cima de outro amigo. E é isto que está sendo deturpado hoje em dia. Um chefe que lhe ajuda, da dicas, oportunidades, tempo, confia e você não corresponde, então ele lhe chama com dor no coração e lhe explica por que você esta sendo demitido, é seu amigo? Eu digo que sim. Pois amizade se configura nisto. Confiança, bem querer, amor. Eu passei por isso, vivi este momento.

Porém, hoje em dia, se tem como “amigo” aquele que dá um jeitinho pra você se safar.

Então, por isso que eu digo: é possível e é ótimo ter amigos no trabalho, porém, cabe as pessoes reverem seus conceitos de amizade.

E você, o que acha disto?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s